Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019
Suporte Técnico em Informática na Grande Vitória: (27) 99996-2313


Semana passada escrevi uma coluna absolutamente despretensiosa sobre os tempos dos BBS e me surpreendi com o interesse por ela despertado. Tanto minha postagem usual no Facebook, que costumo fazer para divulgar as colunas, quanto os diversos compartilhamentos que mereceu por parte de leitores que houveram por bem divulga-las (aos quais agrade?o), deram origem a dezenas de coment?rios, um ?ndice seguro de interesse. Portanto, ao que parece e apesar de ter sido abordado quase superficialmente, o tema agradou.
Veja todas as colunas do B. Piropo Pois bem, se assim ?, voltemos ao assunto. Melhor: apenas durante o tempo em que voc?s leem esta coluna, voltemos ao passado. Tomemos todos, os diletos leitores, egr?gias leitoras e eu, uma nave espa?o-temporal e viajemos no tempo at? o passado. Agrada-me pensar que para cabermos todos seria necess?ria uma nave do porte da Enterprise, da s?rie ?Viagem nas estrelas? com seus m?ltiplos deques, mas h? quem diga que bastaria uma Kombi. Seja como for, n?o importando o tamanho da nave, embarquemos todos. Assim os novos micreiros ter?o uma ideia de como era nossa vida na era do byte lascado e os n?o t?o novos matar?o as saudades e reviver?o algumas lembran?as, boas ou m?s, de um tempo quase heroico. Os bravos que me sigam e vamos adiante. Acabamos de desembarcar na segunda metade dos anos oitenta do s?culo passado. Computador pessoal ainda ? uma coisa relativamente nova. O IBM PC, a primeira m?quina ?de dezesseis bits?, foi lan?ada pela IBM h? poucos anos, em agosto de 1981, e fez tanto sucesso com seu processador 8088 que seus clones, m?quinas capazes de rodarem o mesmo sistema operacional e programas, se multiplicaram e invadiram o mercado.
O que, ali?s, n?o ? uma fa?anha t?o grande como parece, posto que o mercado ? pequeno: estima-se que no mundo h? hoje 200 milh?es de computadores pessoais (lembre-se: estamos na segunda metade da d?cada de 1980). Comparado com os mais de sete bilh?es de telefones espertos que existir?o no distante futuro de 2015, cada um deles com uma capacidade computacional imensamente maior que a dos computadores de que falamos, o n?mero parece rid?culo. E como s?o os computadores de que falamos? S?o m?quinas bastante simples. Frente aos do futuro, 2015 por exemplo, chegam a inspirar riso. ? verdade que ainda no lustro passado a IBM lan?ou o AT, m?quina bem mais poderosa que o velho PC, equipada com o 80286 e que, vejam voc?s, j? vem de f?brica com um disco r?gido que chamamos de ?Winchester? por raz?es jamais bem explicadas.
E mais: inda agora mesmo, em 1987, acabam de se...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo