Quarta-Feira, 08 de Abril de 2020

O Orkuti é a versão brasileira e genérica do antigo Orkut, que acabou em 2014, sob muitos protestos. A nova rede social, que não é do Google, reformulou ferramentas para deixar o acesso mais interessante, com o novo chat e temas personalizados com fotos. A novidade permite alterar o plano de fundo e ainda oferece um mensageiro interno com visual parecido com o WhatsApp Web. A rede social faz sucesso com quem sente falta da interface amigável do Orkut , com scraps e depoimentos, e permite fazer login com os perfis de outros sites como Facebook ou Google+.

Saiba recuperar suas fotos do Orkut

Para quem está interessado em investir em uma nova rede social, o Orkuti pode ser uma opção interessante. Com interface em português, a plataforma agora oferece um chat interno em tela cheia, que é aberto em uma nova aba. Dessa forma, o usuário pode conversar em uma interface própria: os contatos ficam listados na lateral esquerda e as conversas surgem na direita, bastante intuitivo.

O Orkut acabou! Veja o que você ainda pode fazer para recuperar seu perfil

A função permite enviar imagens em anexo ou emoticons, além dos recados em texto. Para completar, estão presentes ferramentas para apagar conversas, jogar, escrever em seu idioma, enviar adesivo, salvar conversa, bloquear usuário e ver histórico de bate-papo do Orkuti.

Já sobre os novos “Temas”, o Orkuti permite personalizar a rede sociais com o seu jeito. O internauta pode escolher entre uma cor para a barra do topo e uma imagem salva no seu próprio computador para fundo. Ou, então, selecionar entre os temas já cadastrados.

O site www.orkut2.com é confiável? Descubra no Fórum do TechTudo.

Dentre as opções estão times, eventos, filmes, decoração com adesivos, esportes, Brasil, games, datas comemorativas e até um tema de homenagem ao velho Orkut.

As novidades já estão liberadas para todos os usuários do Orkuti: basta acessar a rede social com login e senha para visualizar as mudanças. Quer saber como acessar? Então confira as dicas.

Como usar o chat do Orkuti

Passo 1. Acesse o Orkuti com suas credenciais de login e senha. Em seguida, no menu da lateral esquerda, clique em “Bate-papo”;

Acesse o menu de bate-papo na lateral esquerda da tela (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)

Passo 2. Será aberta uma aba com a nova versão do chat. Note que os usuários são mostrados na lateral esquerda.

Para iniciar uma conversa, clique em um dos amigos. O texto é digitado na base, com ferramentas para enviar imagens em anexo, no ícone de “clipes” ou emoticons, no item de “carinha feliz”. Envie o recado no ícone de “seta”;

Acesse as funções do chat pelo Orkuti (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)

Passo 3. Para acessar o m

... enu com mais opções do chat, clique no ícone do topo direito. Será aberta uma lista de opções para criar um novo jogo, bloquear um contato e até salvar a conversa no computador.
Veja mais ferramentas no Orkuti (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)

Como usar os temas no Orkuti

Passo 1. Para acessar a novidade, clique no item do menu do topo chamado de “Temas”;

Veja no menu do topo o item de Temas (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)

Passo 2. Em seguida será aberta a tela de edição. Para começar selecione a cor da barra do topo, na paleta de opções da direita;

Selecione a cor para o tema do topo e botões do Orkuti (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)

Passo 3. Se quiser adicionar uma imagem pessoal de fundo, clique no botão “Selecionar imagem do seu computador”, busque pela foto para a personalização e confirme em “Abrir”. A imagem será aplicada no fundo do Orkuti;

Escolha uma das fotos para ser o plano de fundo do Orkuti (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)

Passo 4. Se preferir escolher um dos temas já oferecidos, basta rolar a tela, escolher um deles e confirmar em “Aplicar”;

Selecione o tema personalizado e aplique no Orkuti (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)

Passo 5. O resultado será aplicado no fundo do Orkuti e pode ser alterado quantas vezes preferir.

O resultado será aplicado no Orkuti (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)





>>> Veja o artigo completo no TechTudo