Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019

O Android é o sistema operacional mais popular do mundo e não é à toa. A plataforma do Google possui recursos exclusivos que facilitam o dia a dia do usuário. São diversos aplicativos gratuitos, customização de interface e outras vantagens que só quem tem um smartphone com a plataforma conhece. Confira alguns motivos para você amar e não largar nunca mais o seu Android.

Celular lento? Veja quais apps gastam mais memória RAM no Android

1. Interação com contas do Google

Como o Android é o sistema operacional móvel do Google, a integração é melhor com o Gmail, Google Drive, Google Now, Google Chrome, Google Maps e Google Street View. O funcionamento de todos esses aplicativos é perfeito e, muitas vezes, possui funções exclusivas no sistema.

O Android é o sistema operacional para dispositivos móveis mais popular do mundo (Foto: Divulgação)O Android é o sistema operacional para dispositivos móveis mais popular do mundo (Foto: Divulgação)

Vale a pena migrar do Android para o Windows Phone? Comente no Fórum do TechTudo

O usuário do sistema também pode vincular seus contatos do telefone com os do Gmail, para formar uma lista de amigos mais completa. Além disso, os dados ficam salvos na nuvem. 

O Android oferece backups automáticos das fotos e vídeos direto no Google Drive.

2. Liberdade de customização

O usuário do Android não fica preso à interface padrão do sistema e pode alterar praticamente todas as configurações de fábrica. No Android, você escolhe a imagem de fundo de tela, podendo ser uma imagem salva no seu aparelho ou um papel de parede interativo. É possível ainda mover os aplicativos para a tela que desejar e ocultá-los também.

Zenfone 2 Deluxe (Foto: Fabricio Vitorino/TechTudo)Zenfone tem visual ZenUI (Foto: Fabricio Vitorino/TechTudo)

Além disso, a própria loja do Google, a Google Play Store, oferece diversos aplicativos de personalização do Android. São inúmeros launchers que ajudam a reformular o visual, ocultar apps, alterar a transição entre as telas e até controlar o aparelho por gestos, como o Nova Launcher, Slide Launcher, Zeam Launcher e Smart Launcher.

Quem fizer root no aparelho pode remover até os aplicativos nativos do sistema operacional.

3. Variedade de dispositivos

O Android é adotado por diversos fabricantes:

... opico-tip">Samsung, Sony, LG, Motorola e HTC. Isso torna o sistema mais popular e permite que o consumidor escolha o smartphone em uma grande variedade de aparelhos disponíveis no mercado. Além de celulares, existem também diversos tablets com a plataforma.

Tem opções para todos os gostos e que cabem em todos os bolsos: os smartphones Android podem ser comprados por valores que variam entre R$ 300 e R$ 3.500. O Samsung Galaxy Young 2 roda Android 4.4 (Kit Kat), tem tela de 3,5 polegadas, entrada para dois chips e custa cerca de R$ 300, por exemplo. Ideal para quem quer um celular que navega na Internet e acesso às redes sociais.

Já para quem deseja um smartphone mais robusto, com alta capacidade de armazenamento e equipado com o Android 5.0 (Lollipop), uma boa opção é o Samsung Galaxy S6 Edge Plus. O top de linha da fabricante tem 32 GB de memória interna, conexão 4G, processador octa-core e tela de 5,7 polegadas, mas custa cerca de R$ 3.700. Outra alternativa pode ser o LG G4, que também conta com o Android 5.0, conexão 4G e 32 GB de memória interna por cerca de R$ 3.000.

4. Compatibilidade com a maioria dos carregadores

Quase todos os smartphones Android possuem a mesma entrada para carregador, mesmo sendo fabricados pela Samsung, LG, Motorola, Nokia ou Sony. Sendo assim, se a bateria do seu aparelho acabar, você pode pegar o carregador do seu amigo emprestado.

Porém, é preciso ter cuidado ao usar um carregador de outra marca. Antes de plugar o celular na tomada verifique qual a faixa de voltagem de saída (output) da fonte. O seu aparelho pode requisitar, por exemplo, de 5V e o carregador pode estar passando 9V. Com isso, o aparelho estaria recebendo uma carga superior a que ele suporta, podendo gerar algum dano.

smartphone-carrega-bateria (Foto: Pond5)MicroUSB serve para carregar bateria do celular (Foto: Pond5)

5. Novidades chegam primeiro no Android

A Google Play Store costuma liberar novos aplicativos e atualizações mais rápido do que a sua principal concorrente, a Apple Store. De acordo com Eunice Kim, Gerente de Produtos da Play Store, em entrevista ao site Mashable, o Google valoriza “a rápida inovação e interação”. Ela ainda afirmou que a empresa “vai continuar ajudando os desenvolvedores a obterem os produtos no mercado em questão de horas após o envio, ao invés de dias ou semanas”.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo