Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019

O Android M e o iOS 9 chegarão para os usuários em breve, com diversas novidades nos dois sistemas. As atualizações, esperadas para até o fim deste ano, estarão recheadas de funções úteis, mas qual delas traz mais inovação? Confira a lista que o TechTudo fez sobre as mudanças em cada sistema.

iOS 9 quer saber como vai a sua saúde sexual; entenda

Android M vs iOS 9 (Foto: Arte/TechTudo)Android M ou iOS 9? Confira qual sistema traz mais novidades (Foto: Arte/TechTudo)

iOS 9: principais novidades

iOS 9 promete melhorar ainda mais a experiência nos dispositivos da Apple. Entre as novidades anunciadas durante a WWDC, a fabricante trouxe algumas atualizações para o Apple Maps. Agora, finalmente, o aplicativo conseguirá estabelecer rotas, do ponto A ao ponto B, para o transporte público das grandes cidades, usando o GPS do iPhone ou iPad. 

O novo recurso chegará junto com a atualização do iOS 9 e também trabalhará sincronizado com o Apple Watch. Ele mostrará trajetos para metrôs, trens, ônibus e até balsas, além de informar quais lojas, restaurantes e eventos estão presentes nas proximidades.

iphone-6s-destaque-mao (Foto: iPhone 6S terá novo processador, tela e câmera de 12 megapixels (Foto: Foto: Anna Kellen/TechTudo))iOS 9 terá mudanças que vão otimizar bateria dos iPhones (Foto: Anna Kellen/TechTudo)

Além disso, a próxima versão do iOS trará uma nova API para o Spotlight, de forma a integrar as buscas realizadas no sistema através da assistente pessoal Siri. O recurso irá sugerir pessoas com quem você queira entrar em contato com base no seu e-mail ou agenda. Outra mudança é que serão gerados resultados mais precisos, indexando conteúdo de e-mails, fotos, vídeos, mensagens e sugestões de buscas na Internet.

Qual é o melhor sistema para smartphone? Comente no Fórum do TechTudo

Apple surpreendeu também ao informar que vai liberar o iOS 9 para uma ampla gama de aparelhos, mesmo aqueles com quatro anos de idade, como é o caso do iPhone 4S. Confira a lista completa de dispositivos que vão poder receber o novo sistema.

O aplicativo de notas também passou por reformulações. Agora ele reconhecerá escritas por imagens, listas e desenhos e exibirá um novo painel de organização para as anotações escritas anteriormente.

Outra mudança interessante é que toda vez que o usuário inserir seus fones de ouvido em um iPhone, o app de música será ativado automaticamente. O recurso também será ativado em um audiobook quando você estiver no carro.

iphone-6-com-ios-9 (Foto: Luciana Maline/TechTudo)A partir do iPhone 4S, todos os iPho
... nes terão iOS 9 (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

Para os fãs da Siri, uma boa notícia: a assistente pessoal também vai receber uma recauchutada para ficar mais inteligente. No próximo sistema, a assistente vai tentar “adivinhar” o que o usuário precisa, baseando-se no local em que ele estiver, no horário, nos apps que estão abertos, sem que ele precise pedir ou realizar nenhuma ação. Os recursos são semelhantes ao que faz o Google com o Android e o Google Now.

Para o Apple Pay, nada muito diferente. O serviço reconhecerá quando o usuário estiver nas proximidades de estabelecimentos que aceitam pagamento pelo serviço, e oferecerá o cartão correspondente. A função estará disponível no Reino Unido em 250 mil estabelecimentos e no transporte público, a partir de julho.

Confira tudo sobre a conferência da Apple na WWDC 2015

Nova versão do iOS traz API diferente para Spotlight (Foto: Reprodução/Apple) Nova versão do iOS traz API diferente para Spotlight (Foto: Reprodução/Apple)

O aplicativo de saúde, HealthKit, também receberá alterações. Agora, ele será capaz de medir novas métricas, como exposição a raios UV, quanto tempo o usuário está sentado e ainda informações sobre a saúde reprodutiva, como o ciclo menstrual de uma usuária, por exemplo.

Por último, não podemos esquecer do “Modo de Pouca Energia”. Na prática, é um modo de economia de energia que fará o iPhone ganhar até três horas a mais de duração da bateria. Esse recurso é similar ao “Reserva de Energia”, já utilizado no Apple Watch, ao Stamira, da Sony, e ao Ultra Power Saving, da Samsung.

Sobre o novo iOS, as principais mudanças são de performance, sem apresentar grandes novidades no aspecto visual.

App Notícias chega como novidade no iOS 9 (Divulgação/ Google)App Notícias chega como novidade no iOS 9 (Divulgação/ Google)

Além disso, a atualização trará a correção de bugs, uma otimização, assim como dois novos aplicativos: News (no estilo Flipboard), e a nova versão do Passbook (agora chamado de Wallet). O app News, como o nome já diz, trará reportagens em uma diagramação que carrega rapidamente e tem imagens grandes e animações. Já o Wallet será um aplicativo que integrará cartões de crédito, débito e planos de fidelidade em apenas um lugar.

Android M: principais mudanças

Google I/O apresenta mudanças no Android (Foto: Reprodução/Google)Google I/O apresenta mudanças no Android (Foto: Reprodução/Google)

O Android M tem a interface Material Design, do Android 5.0 (Lollipop), mas com melhorias de desempenho em seis áreas: permissões de aplicativos, experiência na web, links entre aplicativos, sistema de pagamentos, leitor de digitais e menor consumo de bateria, mesmo com maior desempenho da memória RAM e do processador.

Uma das mudanças mais importantes no Android M é a revisão do sistema de permissões. A partir de agora, o usuário não vai mais precisar aceitar um pacote de permissões antes de instalar um programa. Também será possível conceder ou negar permissões individuais – a função já está presente no iOS.

Além disso, o Android M também irá padronizar o suporte para sensores de impressão digital. Assim como acontece no iOS, agora, será possível usar a sua digital para autorizar compras tanto de apps quanto de lojas físicas pelo Android Pay.

Google anuncia Android Pay, novo serviço de pagamentos com smartphones (Foto: Divulgação/Google)Google anuncia Android Pay, novo serviço de pagamentos com smartphones (Foto: Divulgação/Google)

Também serão feitas melhorias no gerenciamento da bateria. Para alegria dos usuários,  uma nova função, chamada Doze, vai otimizar o modo stand by do dispositivo através de  sensores de movimento. Se o celular não estiver em uso, será colocado, automaticamente, em modo de economia de energia. Além disso, o suporte USB Type-C gera um tempo de carregamento mais curto.

As novidades não param por aí. Com o recurso  “Chrome Custom Tabs”, não será preciso mais sair de um app e iniciar o navegador do Google para abrir um link, por exemplo. O programa oferecerá a possibilidade de ser aberto dentro dos aplicativos, o que vai economizar tempo e melhorar o desempenho do aparelho. Além disso, a experiência de uso vai ficar ainda mais fácil com opções como login automático, senhas salvas e preenchimento automático.

A leitura de impressão digital será um recurso nativo do Android M (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)A leitura de impressão digital será um recurso nativo do Android M (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

O Google trouxe ainda uma nova função que promete aumentar a usabilidade entre os apps. o Android M terá uma função de “app linking”, na qual o usuário poderá abrir um aplicativo dentro de outro, sem precisar acessar a tela de início do gadget. No Facebook, por exemplo, será possível clicar num link do Twitter, e ir direto para o microblog.

iOS 9 X Android M

É interessante perceber que os dois sistemas tomaram rumos bem parecidos nestas últimas atualizações. A Apple, por exemplo, vai tentar reproduzir o sucesso que é o Google Now, enquanto o Google trouxe para sua plataforma a ideia de pagamentos e o uso das digitais para facilitar a vida dos usuários.

O Android parece ter focado também em uma reestruturação visual, enquanto a Apple deixou de lado o design e focou apenas em otimizações do desempenho. Com relação às novidades, os dois sistemas móveis apresentam grandes melhorias, mas resta saber, na prática, quem se destacará na qualidade dos serviços.

Data de lançamento dos sistemas  

Apesar de ter sido anunciado na WWDC 2015, o iOS 9 ainda não está disponível em sua versão oficial. O modelo para desenvolvedores já foi liberado, mas o lançamento para todos só ocorrerá no outono americano, aproximadamente em setembro.

Enquanto isso, a próxima versão do Android, batizada, por enquanto, somente de “Android M”, foi apresentada também com uma prévia já disponível para desenvolvedores, durante a Google I/O. A versão oficial chegará aos consumidores finais apenas em outubro ou novembro deste ano. Como já é de costume nas atualizações do Android, dispositivos que não sejam Nexus receberão o Android M mais tarde – e em alguns casos, a espera pode ser bem longa.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo