Quinta-Feira, 17 de Setembro de 2020


O Disney+ (ou Disney Plus) é o novo serviço de streaming da Walt Disney, lançado na última semana, nos Estados Unidos, Canadá e Holanda. A maior empresa de entretenimento do mundo promete um catálogo com mais de 600 títulos, incluindo os clássicos e novas produções, por uma assinatura mensal de US$ 6,99 (cerca de R$ 30, em conversão direta). O serviço ainda conta com qualidade 4K, suporte a HDR (High Dynamic Range) e Dolby Atmos.

A intenção é expandir a plataforma para os principais mercados globais nos próximos dois anos. No Brasil, a previsão de lançamento é para novembro de 2020, mas o preço ainda não foi revelado. A seguir, saiba tudo sobre o Disney+.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Catálogo de filmes e séries

São mais de 600 títulos disponíveis, entre filmes, séries e programas de TV. Os clássicos de animação como “A Pequena Sereia”, “A Bela e a Fera”, “Aladim”, “Branca de Neve” e muito mais estão na lista de conteúdos. Os filmes dos super-heróis da Marvel também estarão presentes, assim como a saga Star Wars. Outro destaque são as trinta temporadas completas de “Os Simpsons”.

Entre as novas produções, a grande expectativa fica por conta da série oriunda de Star Wars, The Mandalorian. Com episódios inéditos toda semana, a trama se passa cinco anos após “O Retorno de Jedi” e conta os obstáculos nos confins da Galáxia. Logo em sua estreia, a série surpreendeu o público introduzindo à narrativa do “bebê Yoda”.

Além disso, uma série live-action sobre “She-Hulk” foi confirmada pelo presidente da Marvel Studior, Kevin Feige, em entrevista ao The Hollywood Reporter. Ele ainda afirmou que “Ms. Marvel” e “Cavaleiro da Lua” também terão presença garantida no Disney+. Outros títulos como “Com Amor, Simon”, “Os Muppets” e “Toy Story” também terão suas próprias séries na plataforma. A série "Os Muppets promete participações de diversos astros e “Toy Story” será representado por Garfinho e Betty como protagonistas de curtas. Além disso, o streaming exibirá uma nova temporada da produção teen “High School Musical” e o filme “A Dama e o Vagabundo”, clássico de 1955, também vai ganhar um live-action.

Apesar de não ter todos os títulos disponíveis, a Disney divulgou o catálogo completo para os Estados Unidos em um trailer com mais de três horas em seu canal no YouTube. Ainda não foi confirmado se conteúdos de outras produtoras farão também estarão presentes na plataforma.

Preço

Ainda não foi divulgado qual será o preço da assinatura do streaming no Brasil. Nos Estados Unidos, o serviço tem assinatura mensal no valor de US$ 6,99, cerca de R$ 30, ou anual de US$ 69,99, aproximadamente R$ 290. Este valor inclui sete perfis e uso simultâneo em até quatro dispositivos.

A Disney também oferece uma promoção exclusiva para os Estados Unidos: um combo com Disney+, ESPN+, plataforma on demand do canal esportivo, e Hulu Plus, outro serviço de streaming de séries da empresa, por US$ 12,99 (aproximadamente R$ 54). Ao assinar um pacote com a operadora Verizon, empresa de TV a cabo Americana, o usuário ganha um ano de assinatura gratuita do streaming. No Brasil, ainda não há informações se o serviço terá pacotes promocionais como nos EUA.

Plataformas

Assim como outros serviços de streaming, o usuário poderá assistir aos filmes, séries e programas de TV do Disney Plus de onde estiver. Para isso, basta ter acesso à Internet ou fazer o download do conteúdo anteriormente. A plataforma está disponível para, praticamente, todos os dispositivos: smart TVs, celulares e tablets Android, iPhone

... a>iPad (iOS), ou na versão web direto no navegador. O streaming também poderá ser acessado por meio da Apple TV, Android TV, Chromecast, PlayStation 4, RoKu e Xbox One.

Concorrentes

Atualmente, dentre os serviços de streaming, a Netflix é uma das opções mais consolidadas, com 158 milhões de assinaturas em todo o mundo. A plataforma também está disponível no Brasil com preços a partir de R$ 21,90. Por aqui, também temos outras opções, como o Amazon Prime Video, AppleTV+, Telecine Play e HBO GO. Com a chegada do Disney Plus no país, no próximo ano, a concorrência deve ficar mais acirrada, visto que muitos títulos disponíveis nestes outros serviços são de propriedade da Disney. Por enquanto, não há informações sobre os filmes que continuaram ou não em outras plataformas.

Todos os sites exigem uma conexão de Internet e alguns já disponibilizam o download de conteúdos para assistir off-line, mas por tempo limitado. Assim como os rivais, o Disney+ promete que todos os seus títulos poderão ser baixados. Além disso, para um futuro lançamento no Brasil, são esperados um período de degustação gratuita e mais de uma opção de plano.

Lançamento no Brasil

A assessoria de imprensa do Disney+ confirmou ao TechTudo que o serviço chega ao Brasil em novembro de 2020. Por enquanto, não é possível assistir às novas produções, pois a empresa não fechou acordos de licenciamentos com os outros streamings. Entretanto, alguns títulos como “Capitã Marvel”, “O Rei Leão”, “Toy Story 4”, “The Walking Dead”, “How I Met Your Mother” e “Grey’s Anatomy” serão disponibilizados para os brasileiros por meio do Amazon Video Prime até setembro do próximo ano.

Como assistir filme online sem travar? Descubra no Fórum do TechTudo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo