O The International 2017, campeonato mundial de Dota 2, começa sua fase de grupos a partir desta quarta-feira, 2 de agosto, e traz as melhores equipes do jogo da Valve para competir. O prêmio vencedor é de US$ 10 milhões – mais de R$ 30 milhões –, o maior em um torneio de esports, em qualquer jogo. Na disputa, estão Invicitus Gaming, Evil Geniuses, Team Liquid, Cloud9 e a favorita OG, que se saiu bem nos últimos torneios oficiais de Dota 2.

Esta parte do concurso divide os times em dois grupos, A e B, com nove em cada. Eles irão disputar a pontuação até o dia 5 de agosto em formato “melhor de duas”. Os melhores serão classificados ao “main event”, ou a “fase final”, que começa a partir do dia 7. O “main event” será disputado novamente na KeyArena, em Seattle, EUA, com partidas que variam entre “melhor de uma”, melhor de três” e “melhor de cinco”. Além da premiação em dinheiro, quem vence leva também o “Égide dos Campeões”, famoso escudo que dá o tema ao torneio.

The International é o torneio de Dota 2 (Foto: Divulgação/Valve)

O que é o The International?

Conhecido também como “TI”, o The International é o grande torneio oficial que elege, anualmente, a equipe campeã do popular jogo de Moba, Dota 2. Esta é uma competição diferente das demais do gênero Moba primeiro porque as equipes são convidadas a participar e, segundo, algumas fases se estendem por meses.

As disputas do TI 2017 começaram oficialmente 20 de junho, com quatro qualificatórias locais. Entre os dias 26 e 30 do mesmo mês, elas se estenderam a outras, unindo as regiões. Europa, China, sul Asiático e América do Norte participaram desta fase.

... "content-media__image-centered">

TI 2017 terá o maior pagamento dos esports (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Sua característica mais peculiar é o enorme prêmio. A cada ano, o The International paga mais dinheiro à equipe vencedora. Atualmente os ganhadores vão levar para casa US$ 10 milhões, enquanto o segundo lugar fica com quase US$ 4 milhões e o terceiro leva pouco mais de US$ 2 milhões.

Este tipo de pagamento tem uma explicação: a ajuda da comunidade. O chamado "prize pool", que é o total de todas as premiações, começou em US$ 1,6 milhão, fornecido pela Valve, e está atualmente em US$ 23 milhões. Este valor inclui a soma de itens especiais vendidos na loja online de Dota 2, comprados pelos fãs.

Desta forma, a Valve consegue não apenas elevar exponencialmente o valor pago aos vencedores, mas também fazer com que a comunidade participe ativamente do torneio, favorecendo a motivação das equipes torcedoras.

Algumas das equipes convidadas para o TI 2017 (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Nada de bicampeão

O TI também tem outras peculiaridades, como por exemplo não haver bicampeões. Dota 2 é um jogo tão competitivo em alto nível que, até hoje, nenhuma equipe foi campeã duas vezes. A cada ano, desde 2011, quando a modalidade começou, um time chega ao topo, mas nunca consegue retornar à posição.

Imagem do TI de 2013, realizado pela Valve (Foto: Divulgação/Valve)

Os vencedores foram, na ordem, Natus Vincere (2011), Invictus Gaming (2012), Alliance (2013), Newbee (2014), Evil Geniuses (2015) e Wings Gaming (2016). Para se ter ideia da competitividade, algumas destas equipes sequer estão participando do torneio atual, enquanto outras não existem mais na formação de quando foram campeãs. Apesar de a OG despontar como uma das favoritas, não há como dizer, ao certo, quem tem mais chance de vencer.

Outro ponto interessante é que, além do mundial, o TI também abriga um evento comemorativo, especial para os fãs: o All-Star Match. É um disputa em “melhor de cinco”, apenas com duas equipes formadas pelos melhores jogadores da competição. O prêmio do All-Star é de US$ 100 mil e os times são eleitos a partir do Battle Pass, item especial do TI, vendido na loja online oficial do jogo - ou seja, decididas por fãs.

E o Brasil?

O Brasil fica de fora, mas há uma representante da América do Sul, a Infamous Gaming, do Peru. O TI 2017 teve um torneio qualificatório para a América do Sul neste ano, no qual as equipes brasileiras SG eSports e Midas Club foram convidadas a participar juntamente com os peruanos Elite Wolver e Infamous.

Infamous Gaming representa a América Latina (Foto: Divulgação/Infamous Gaming)

A SG chegou à final, mas perdeu frente ao desafio da Infamous. Em uma disputa "melhor de cinco", os peruanos levaram por três a zero com placares de destaque durante a partida, como por exemplo 24 a 8.

Onde assistir?

Além de poder acompanhar o TI 2017 dentro do próprio game, os jogadores que não estiverem na arena para as fases finais também poderão ver tudo nos canais oficiais de transmissão online da Valve, encontrados no site oficial Dota2.com. Há até mesmo a opção de assistir uma transmissão exclusiva para novatos, que explica pontos importantes para quem está chegando agora ao jogo.

Qual o melhor jogo: Dota ou LoL? Comente no Fórum do TechTudo!



>>> Veja o artigo completo no TechTudo