Domingo, 05 de Julho de 2020

O Facebook anunciou, na segunda-feira (30), um novo recurso que busca melhorar a segurança na plataforma. A ideia é ajudar OS usuários de outros sites que perderam o acesso às suas contas a fazer a autenticação por meio do seu perfil pela própria rede social. 

Facebook muda feed de notícias e corta links falsos, apelativos e spam

O método ainda está sendo testado apenas no site de compartilhamento de códigos GitHub. No entanto, a expectativa é de que, no futuro, possa ser usado com outros serviços e também para recuperar o acesso ao próprio Facebook — já que perder a senha da rede social é comum.

Facebook quer guardar todas a suas senhas; você confia? (Foto: Melissa Cruz / TechTudo)

A tecnologia, chamada Delegated Recovery (recuperação delegada, em tradução direta), é uma forma de permitir que usuários que perderam o acesso às suas contas possam recuperá-las rapidamente e com segurança.

Aplicativo do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu celular

Como funciona?

O processo consiste em criar um token de autenticação na rede social — que gera um código numérico. Quando o usuário perde o acesso à conta, pode simplesmente "reautenticar" no Facebook para recuperar seu acesso a outros serviços. O processo é criptografado, o que garante que a própria plataforma não tem acesso aos dados enviados.

O Facebook também espera que, no futuro, este método também possa ser implementado em outros sites e seja usado para recuperar, também, o acesso de senhas da própria rede social.

O que é o GitHub?

O GitHub é uma comunidade de programadores e foi escolhida para os testes do recurso para que seus próprios membros possam ajudar a refinar a tecnologia, encontrar bugs no código e participar de programas de reco

... mpensa. O código-fonte também foi disponibilizado no site (github.com/facebookincubator/DelegatedRecovery).

De acordo com a rede social de Mark Zuckerberg, o método é necessário para complementar as formas já usadas. O problema encontrado pelo Facebook é que os meios que melhoram a comprovação de identidade, como autenticação em duas etapas ou chaves de segurança por SMS, dificultam a recuperação do acesso caso os celulares sejam perdidos/roubados.

Via Facebook e BetaNews


>>> Veja o artigo completo no TechTudo