Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020

Quantum Break será lançado para Xbox One no dia 5 de abril, e a Microsoft trouxe uma boa notícia para os donos de computadores: o game será lançado no mesmo dia para Windows 10. Junto com a novidade, a empresa revelou também os requisitos mínimos e recomendados para rodar Quantum Break no PC.

Veja o que esperar de Quantum Break, game inserido em série de TV

O game exigirá ao menos um computador com a versão 12 do DirectX, processador Intel Core i5-4460 de 2.70GHz ou AMD FX-6300, 8GB de RAM e placa de vídeo NVIDIA GeForce GTX 760 ou AMD Radeon R7 260x. E, claro, Windows 10 de 64 bits.

Quantum Break será lançado também para Windows 10 (Foto: Reprodução/RemedyGames.com)

Já para rodar Quantum Break na busca pela perfeição será necessário um equipamento um tanto poderoso: processador Intel Core i7 4790 de 4GHz (ou equivalente da AMD), placa de vídeo NVIDIA GeForce 980 Ti ou AMD Radeon R9 Fury X de 6 GB e 16 GB de RAM. Quantum Break ocupará no mínimo 55 Gb de espaço em disco.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Quantum Break tenta inovar ao misturar jogo com série televisiva (Foto: Reprodução/RemedyGames.com)

Configuração Mínima de PC para Quantum Break

Sistema operacional Windows 10 de 64 bits com DirectX 12
Memória 8 Gb de RAM
Processador Intel Core i5-4460 de 2.70 GHz ou AMD FX-6300
Vídeo NVIDIA GeForce GTX 760 ou AMD Radeon R7 260x, com 2 Gb de memória
HD 55 Gb

Configuração Recomendada de PC para Quantum Break

Sistema operacional Windows 10 de 64 bits com DirectX 12
Memória 16 Gb de RAM
Processador Intel Core i7 47
... 90 de 4 GHz ou equivalente da AMD
Vídeo  NVIDIA GeForce 980 Ti ou AMD Radeon R9 Fury X
HD 55 Gb

A Remedy Games, desenvolvedora do jogo, também divulgou um novo trailer de Quantum Break intintulado “O Cemitério”, trazendo algumas novas cenas da série televisiva com atores reais. Confira abaixo:

Via Remedy Games

Quais games a serem lançados em 2016 você mais quer jogar? Comente no Fórum do TechTudo!



>>> Veja o artigo completo no TechTudo