Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020

“Desenhos com animais falantes”, “dramas franceses com mulheres fortes”, “filmes estrangeiros despretensiosos”. Já parou para pensar como surge os nomes das listas do Netflix? O popular serviço de streaming de vídeo possui taggers, funcionários da empresa que são "viciados" em séries que trabalham assistindo filmes e programas. Responsáveis por batizar os catálogos, eles organizam, em categorias, os conteúdos por meio de palavras-chave (tags).

Netflix cria cartão ostentação que soma horas de maratona de séries

Os taggers proporcionam uma experiência única para cada assinante. As listas sugeridas são baseadas no que você assiste e, com isso, quase mais ninguém terá as mesmas que você. 

Entenda como são criadas as listas do Netflix (Foto: Raissa Delphim/TechTudo)

Se o mosquito da inveja já mordeu você, prepare-se que ainda tem mais. Os taggers têm acesso aos programas muito antes do lançamento. Sabe aquela série que você está esperando há meses ou aquele filme que não chega nunca? Eles podem estar assistindo ness

... e momento. 

Criadas a partir da combinação de mais de 1.000 tags, cada título recebe até 150 marcações. Para organizar as categorias, são anotados objetos das cenas, personalidade do personagem, sentimentos dos personagens. Há ainda os algoritmos da Netflix que ajudam no processo.

Como usar Netflix dos EUA na minha TV? Comente no Fórum do TechTudo.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo