Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019

O Positivo First S410 chega ao mercado brasileiro com processador da Intel. Com lançamento nesta segunda-feira (14), o smartphone foi pensado para os consumidores que consideram comprar agora seu primeiro telefone inteligente. O dispositivo tem tela de 4 polegadas, com resolução de 480 x 800 pixels. O preço certamente é um dos mais em conta do país: R$ 399.

GranitePhone: celular brasileiro faz sucesso com supersegurança

O First S410 tem processador Atom x3 de 1 GHz, de acordo com a ficha técnica. A Positivo informou ainda que quem quiser comprar o produto terá à disposição a cor preta, com a parte traseira em acabamento de leve textura.

Positivo First é a nova opção da fabricante brasileira para o mercado de entrada (Foto: Divulgação/Positivo)Positivo First é a nova opção da fabricante brasileira para o mercado de entrada (Foto: Divulgação/Positivo)

Oferecido apenas em variante Dual SIM (portanto, aceita dois chips), o celular da Positivo conta com um total de 8 GB de memória interna, que podem ser expandidos para 32 GB com o uso de MicroSD. Em relação à memória RAM, o celular First S410 conta com 1 GB.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

O celular conta ainda com câmera traseira de 2 MP e câmera frontal VGA, com recursos como detecção de rosto, modo de cena, HDR e embelezamento facial para quem quer caprichar nas selfies.

O novo smartphone da Positivo vem de fábrica com o Android 5.1 (Lollipop) e oferece acesso às redes 3G, além do suporte ao Wi-Fi e Bluetooth de quarta geração.

Segundo o gerente de Mobilidade da Positivo, Cristiano Carvalho de Freitas, “ao comparar com outros dispositivos na mesma faixa de preço, o First S410 se destaca por sua oferta de mais memória pelo menor preço do mercado”.

... s="foto componente-conteudo"> Positivo First S410 (Foto: Divulgação/Positivo)Positivo First S410 (Foto: Divulgação/Positivo)

Qual smartphone você considera o melhor atualmente? Comente no Fórum do TechTudo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo