Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2020

Elas ainda são minoria nas escolas de engenharia, em cursos de programação e nas startups. Mas é por pouco tempo. Uma nova revolução feminina vai mostrar que lugar de mulher é sim na tecnologia.